sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Horror em altas doses


A tribo do terror continua barbarizando nos fanzines que, ao longo de 2009, têm sido as publicações amadoras mais regulares do fandom, no ambiente virtual é bom que se ressalte. Porque no que se refere a periódicos reais, são tão ausentes quanto qualquer outro gênero.
São dois os principais editores de e-zines de horror no momento: o site Cranik, de Ademir Pascale, responsável pela edição do TerrorZine, e o site
Raven´s House, que publica os zines Fun House e Flores do Lado de Cima.
TerrorZine vem sendo o mais frequente e regular deles, e este ano distribuiu oito edições, sendo as mais recentes os números 11 e 12, que podem ser baixadas gratuitamente. A apresentação de suas edições é sempre muito parecida, o que causa uma sensação de dejavu no leitor e não anima muito à leitura - parece sempre que trata-se de algo que já se leu antes. Contudo, como o fanzine foca-se principalmente na publicação de contos
ultra-curtos e na divulgação de livros, é uma leitura interessante e cumpre otimamente seu papel informativo. Pascale está muito ativo também na área de publicação de livros, organizando diversas antologias temáticas que devem agitar o ambiente do fandom nos próximos meses.
Por sua vez, a Raven´s House lançou nos últimos meses o FunHouse 11 e o Flores do Lado de Cima 09. São publicações bem mais empolgadas, com muitas ilustrações agressivas e diagramação pesada.
Funhouse dirige suas baterias para a divulgação de eventos e bandas, mas também investe na publicação de quadrinhos.
Flores do Lado de Cima foca-se mais na literatura, com entrevistas e artigos sobre escritores, mas também dedicou algumas páginas a cobertura da FantastiCon, simpósio de literatura fantástica acontecido em julho e divulgado também nesta coluna.
Mas não é só. Os fãs também receberam em suas caixas postais o link para baixar a edição 31 do tradicional fanzine Adorável Noite, do escritor Adriano Siqueira, que publica principalmente contos sobre vampiros.
Não há dúvida que o horror está sendo bem mais eficiente em a ocupar os espaços abertos pela onda da fantasia, que ainda quebra forte em nosso mercado, mas não chegou a empolgar os fãs no ambiente alternativo. A fantasia é predominante somente no ambiente comercial livreiro, o horror assumiu com larga margem o predomínio das publicações alternativas e a ficção científica parece satisfeita com uma posição secundária nos dois ambientes, sem vigor suficiente para aproveitar o bom momento da ficção fantástica em geral.
Mas quem acompanha essa evolução tanto tempo quanto eu sabe que nela nada dura por muito tempo. Então, vamos torcer para que em algum momento futuro os três gêneros assumam equilíbrio nos dois ambientes, de forma a enriquecer tanto o diálogo entre eles mesmos quanto com o mainstream, de forma sólida e sustentável. Mesmo que não tenhamos atingido ainda esse ponto, tudo leva a crer que estamos bem encaminhados.

5 comentários:

  1. Parabéns! Ideias muito bem colocadas. Pode ter certeza que isso é apenas o começo, muito mais está por vir...(rs)
    Forte abraço,

    ResponderExcluir
  2. Surpreendente! Este blog, está sempre recheado de idéias interessantes.Parabéns, Cesar! Muito bacana a forma em que você enfatiza os e-zines. Um abraço grande.

    ResponderExcluir
  3. Bem legalll!!!!!gostei muito....

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado por citar as revistas eletrônicas da Ravens House Brasil. E como falou meu amigo Ademir..."Isso é só o começo"...

    ResponderExcluir
  5. Ola edito o "FLORES DO LADO DE CIMA", juntamente com R.Raven. Parabenizamos seu Blog por ter a inusitada iniciativa de postar a matéria,enfatizando este mundo "Underground" em que nos dedicamos!

    Beijos Soturnos.^^\m/

    Liartemis
    Ravens House Brasil.

    ResponderExcluir