quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Quanto mais, melhor

Continuando o projeto de ampliar seu catálogo literário, a Livraria Devir apresentou durante a Fantasticon 2011 mais dois títulos obrigatórios para quem gosta de boa leitura nos gêneros fantásticos. As melhores novelas brasileiras de ficção científica é uma antologia com quatro textos de autores brasileiros: “Zanzalá” (1936), de Afonso Schmidt; “A escuridão” (1963), de André Carneiro; “O 31.º peregrino”, de Rubens Teixeira Scavone; e “A nós o vosso reino” (1998), de Finisia Fideli. Organizado por Roberto de Sousa Causo, o livro tem 224 páginas e recoloca no mercado algumas das mais significativas novelas da história da FC nacional, que estavam esgotadas há tempos.
Diz o relise: "Impulsionada pelo interesse despertado pelas antologias Os melhores contos brasileiros de ficção científica (Devir, 2008) e Os melhores contos brasileiros de ficção científica: Fronteiras (Devir, 2010), a Devir Livraria prossegue com o seu programa exclusivo de resgate de narrativas importantes do passado da ficção científica brasileira, que merecem a posição de referência junto aos leitores atuais".
O outro volume apresentado foi Duplo fantasia heróica 2, com duas noveletas: "A batalha temerária contra o Capelobo", de Christopher Kastensmidt, e "Encontros de sangue", de Roberto de Sousa Causo. Ambas dão sequência às novelas vistas no primeiro volume, com Kastensmidt voltando a improvável dupla de desbravadores em terras brasileiras no período colonial, e Causo com mais um episódio da saga do indígena Tajarê nas terras mitológicas de um Brasil pré-cabralino, iniciada no romance A sombra dos homens.
O livro faz parte da Coleção Asas do Vento, tem 128 páginas, formato de bolso e capa semi-rígida, e já está disponível em livrarias e bancas selecionadas.

2 comentários:

  1. Obrigado pela dupla divulgação, Cesar.

    ResponderExcluir
  2. Também agradeço a divulgação! Foi um prazer te conhecer no Fantasticon 2011, Cesar.

    ResponderExcluir