quinta-feira, 16 de setembro de 2010

A nova onda da FCB

No início eram a citação, a homenagem e a releitura. Depois veio o fanfic. Agora é a vez do "mashup", romances caídos em domínio público aos quais são adicionados novos trechos que subvertem a leitura num sentido imprevisto pelo autor original.
O primeiro exemplo dessa tendência que aportou no Brasil foi Orgulho, preconceito & zumbis, traduzido no início deste ano pela Editora Intrínseca, no qual o escritor norte-americano Seth Grahame-Smith parodia o clássico romance da escritora britânica Jane Austen.
Mas o que começou como brincadeira parece estar sendo transformado em prática pela Lua de Papel, selo da Editora Leya que anunciou a coleção Clássicos Fantásticos, com quatro títulos do gênero. O primeiro a ser divulgado é Dom Casmurro e os discos voadores, romance de estreia do escritor Lúcio Manfredi, um dos mais promissores autores da Segunda Onda da ficção científica brasileira.
No livro, além dos desencontros da história original, os personagens de Machado de Assis vão se envolver com alienígenas e andróides, numa disputa intergaláctica entre duas civilizações que habitam a Terra há milhões de anos. O blogue do autor, aqui, faz uma ótima contextualização do trabalho.
O lançamento acontece no dia 22 de setembro, a partir das 18h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional (Av. Paulista, 2073, São Paulo).
Os outros volumes anunciados na coleção Clássicos Fantásticos são Senhora, a bruxa, de José de Alencar e Angélica Lopes, A escrava Isaura e o vampiro, de Bernardo Guimarães e Jovane Nunes, e O alienista caçador de mutantes, de Machado de Assis e Natalia Klein.

Um comentário:

  1. Opa, valeu pela divulgação, Cesar!
    Abs.
    Lúcio

    ResponderExcluir